terça-feira, 8 de março de 2011

8 DE MARÇO - MULHER

História do 8 de março




No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.



A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.



Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).



Objetivo da Data

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Mulher

Semente...

SER-mente...

SER que faz gente,

SER que faz a gente.



Mulher

SER guerreiro, guerrilheiro, lutador...

multimidia, multitarefa, multifaceta, multi-acaso...

multi-coração...



Mulher

SER que dá conta,

que vai além da conta,

que multiplica,

divide, soma e subtrai, sem perder a conta,

sem se dar conta, de que esse século foi seu parto,

na direção de seu espaço,

de seu lugar de direito e de fato,

de seu mundo que lhe foi usurpado e que agora é por ela ocupado.



MULHER...

Esse SER florado,

esse SER adorado,

esse SER adornado,

que nos poem em um tornado,

nos deixa saciado e transtornado,

que nos faz explodir e sentir extasiado.

SER admirado...



MULHER...

Nesse final de milénio, faça a transição.

Tire de seu coração a semente que vai mudar toda a gente

levando o mundo a ser mais gente...

Um mundo mais feminino,

mais rosado e sensibilizado,

mais equilibrado e perfumado...



PARABENS MULHER !!!

Não pelo oito de marco,

nem pelo beijo e pelo abraço,

nem pelo cheiro e pelo amaço.

Mas por ser o que és...

Humus da humanidade,

Raiz da sensibilidade,

Tronco da multiplicidade,

Folhas da serenidade,

Flores da fertilidade,

Frutos da eternidade...

Essencia da natureza humana.



Parabéns...

Nenhum comentário:

Postar um comentário