NUTRIÇÃO DIÁRIA

Loading...

domingo, 24 de abril de 2011

DIA DAS MÃES NA ESCOLA


A origem do Dia das Mães







A mais antiga comemoração dos dias das mães é mitológica. Na Grécia antiga, a entrada da primavera era festejada em honra de Rhea, a Mãe dos Deuses.

O próximo registro está no início do século XVII, quando a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às mães das operárias inglesas. Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães. Era chamado de "Mothering Day", fato que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.

Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das mães foi dada em 1872 pela escritora Júlia Ward Howe, autora de "O Hino de Batalha da República".

Mas foi outra americana, Ana Jarvis, no Estado da Virgínia Ocidental, que iniciou a campanha para instituir o Dia das Mães. Em 1905 Ana, filha de pastores, perdeu sua mãe e entrou em grande depressão. Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a idéia de perpetuar a memória de sua mãe com uma festa. Ana quis que a festa fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas, com um dia em que todas as crianças se lembrassem e homenageassem suas mães. A idéia era fortalecer os laços familiares e o respeito pelos pais.

Durante três anos seguidos, Anna lutou para que fosse criado o Dia das Mães. A primeira celebração oficial aconteceu somente em 26 de abril de 1910, quando o governador de Virgínia Ocidental, William E. Glasscock, incorporou o Dia das Mães ao calendário de datas comemorativas daquele estado. Rapidamente, outros estados norte-americanos aderiram à comemoração.

Finalmente, em 1914, o então presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson (1913-1921), unificou a celebração em todos os estados, estabelecendo que o Dia Nacional das Mães deveria ser comemorado sempre no segundo domingo de maio. A sugestão foi da própria Anna Jarvis. Em breve tempo, mais de 40 países adotaram a data.

"Não criei o dia das mães para ter lucro"


O sonho foi realizado, mas, ironicamente, o Dia das Mães se tornou uma data triste para Anna Jarvis. A popularidade do feriado fez com que a data se tornasse uma dia lucrativo para os comerciantes, principalmente para os que vendiam cravos brancos, flor que simboliza a maternidade. "Não criei o dia as mães para ter lucro", disse furiosa a um repórter, em 1923. Nesta mesmo ano, ela entrou com um processo para cancelar o Dia das Mães, sem sucesso.

Anna passou praticamente toda a vida lutando para que as pessoas reconhecessem a importância das mães. Na maioria das ocasiões, utilizava o próprio dinheiro para levar a causa a diante. Dizia que as pessoas não agradecem freqüentemente o amor que recebem de suas mães. "O amor de uma mãe é diariamente novo", afirmou certa vez. Anna morreu em 1948, aos 84 anos. Recebeu cartões comemorativos vindos do mundo todos, por anos seguidos, mas nunca chegou a ser mãe.

Cravos: símbolo da maternidade





Durante a primeira missa das mães, Anna enviou 500 cravos brancos, escolhidos por ela, para a igreja de Grafton. Em um telegrama para a congregação, ela declarou que todos deveriam receber a flor. As mães, em memória do dia, deveriam ganhar dois cravos. Para Anna, a brancura do cravo simbolizava pureza, fidelidade, amor, caridade e beleza. Durante os anos, Anna enviou mais de 10 mil cravos para a igreja, com o mesmo propósito. Os cravos passaram, posteriormente, a ser comercializados.



No Brasil

O primeiro Dia das Mães brasileiro foi promovido pela Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, no dia 12 de maio de 1918. Em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio. Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica.



Texto compilado das seguintes fontes



- Pesquisa de Daniela Bertocchi Seawright para o site Terra,

http://www.terra.com.br/diadasmaes/odia.htm

Fontes / Imagens:

· Norman F. Kendall, Mothers Day, A History of its Founding and its Founder, 1937.

· Main Street Mom

· West Virginia Oficial Site



- O Guia dos Curiosos - Marcelo Duarte. Cia da Letras, S.P., 1995.

- Revista Vtrine - artigo - Abril, S.P., 1999



Sequência Didática: DIA DAS MÃES



TEMA: PARABÉNS MAMÃE!!!



DURAÇÃO: 2 SEMANAS.



JUSTIFICATIVA: O tema Dia das Mães realmente é maravilhoso para se trabalhar, não há aquela criança que não fique empolgada quando fala da mamãe. Porém não podemos nos esquecer que entre nossos alunos sempre tem um ou outro que não mora com a mãe, sendo responsabilidade da avó ou da tia, ou até mesmo de outras pessoas. Cabe a nós motivarmos nossas crianças e lhes mostrar motivos para participarem do projeto.



OBJETIVO: Sensibilizar os alunos sobre a importância de comemorarmos o dia das mães.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

• Reconhecer a importância da figura da mãe no desenvolvimento do caráter humano;

• Proporcionar momentos de reflexão sobre os diversos contextos familiares;

• Promover e estimular a linguagem oral;

• Estabelecer e ampliar as relações sociais;

• Estimular a afetividade entre as crianças a as mães;

• Conhecer e identificar diversas profissões;

• Desenvolver atenção e a criatividade;

• Desenvolver a expressão corporal;

• Brincar expressando emoções, sentimentos, pensamento, desejos e necessidades;

Desenvolver a leitura através da visualização de figuras.



CONTEÚDOS:

Data comemorativa – dia das mães, dia do trabalho;

• Expressões gráficas: desenho, pintura, montagem, colagem, noção de limite na folha;

• Expressão corporal;

• Historinhas;

. Criatividade, imaginação e dramatização.

. Música e ritmo;

. Socialização;



METODOLOGIA:

. Conversa informal sobre o Dia das Mães, Profissões

• Músicas: “Minha mãezinha querida”, “Mãe”(grupo molekada),

• Confecção de cartazes: “As profissões”, “Momentos com a mamãe”; “• Construção do livrinho de receita, do cartão pra mamãe;

• Confecção do quadro para homenagear a mamãe;

• Grafismo (atividade: ligar os objetos a mamãe);

• Colagem: (recortes e colagem de figuras de revistas);

• Pintura com lápis de cor, giz de cera e tinta têmpera;

• Ensaios de músicas e teatrinho para a apresentação;

• Homenagem as mãe: apresentação das turmas.



CULMINÂNCIA: festas em homenagem as mães.



AVALIAÇÃO: Avaliação será contínua, através da observação diária da criança no desempenho de suas atividades, no relacionamento com os colegas e com a professora.







Peça de Teatro - Bolo da Mamãe

Bolo da Mamãe



Menino - Hoje é dia das mães, precisamos dar um presente as nossas mães.



Menina - Já sei vamos fazer um bolo



Menino - Um bolo, que bom!



Menina - Vou buscar aquela receita da vovó (sai e volta com um caderno)



Menino - (Lendo) farinha de trigo, açúcar, manteiga ovos fermento e baunilha



Menino - Já vou buscar tudo isso no armazém (sai)



No centro do palco uma tigela. As crianças estão dispostas no palco.



Da direita surge um menino e atrás dele os preparos para o bolo representado por crianças.



Avança a farinha, o menino apresenta a ele a receita.



Farinha - Sou branquinha e peneirada prontinha para o bolo da mãezinha.



Açúcar - Sou toda doçura e junto com a farinha entro na mistura do bolo da mamãezinha.



Manteiga - Sou a manteiga saborosa que deixa a massa gostosa.



Ovos - Somos os ovos bem branquinhos que a galinha botou. Deixou a massa fofinha que a mamãe ira gostar.



Baunilha - Sou filha de uma plantinha que vai dar um gosto especial no bolo da mamãezinha,



Fermento - Se vocês me esquecerem o bolo não crescerá. Ficará duro e feioso e a mamãe não ira gostar.



Todos os preparos vão para a tigela, e o menino e a menina pegam colher de pau batem a massa e preparam o bolo.



Colocam a tigela no forno.



No final da festa surge um bolo (real).



A mamãe chega e o menino e a menina gritam bem alto



- Feliz dia das mães!!!!!

Presentes Especiais para a minha Mamãe - Teatro


PRESENTES ESPECIAIS PARA A MINHA MÃE

Preparativos: Encape cinco caixas de tamanhos diferentes com papel de presentes. Escreva em cada caixa as palavras a seguir: alegria, verdade, cooperação, obediência e amor.



Escolha cinco crianças para participar e distribua entre elas, os textos que deverão decorar para falar. Na hora da apresentação, uma criança de cada vez irá até a frente com a caixa, falará e depositará a caixa na mesa, que deverá estar forrada com uma bonita toalha.



Orientadora: Neste dia especial, sempre é bom ganhar presentes, hoje mamães, as nossas crianças trouxeram presentes especiais para vocês, vamos ver que presentes são esses.( Após esta fala, cada criança entrará e falará.)



Criança 1: Alegria: Alegria para mim é estar sempre com você. Lembre-se que "A alegria que o Senhor dá fará com que vocês fiquem fortes" Neemias 8.10.



Criança 2- Verdade: Entre eu e você, a verdade sempre existirá, prometo que "o que eu digo é verdade, pois odeio a mentira" Proverbios 8.7.



Criança 3- Cooperação: Prometo sempre ajudar você, pois não posso deixar de fazer o bem e ajudar ao meu próximo, pois "são esses os sacrifícios que agradam a Deus Hebreus 13.16.



Criança 4- Obediência: Obediências é o presente que toda mãe deseja, vou me esforçar para ser um filho obediente, pois na Bíblia aprendi que este é o meu dever Efésios 6.1



Criança 5- Amor: Todos os presentes só têm valor quando existe amor. O meu amor por você é eterno II Corintios 13.8



Encerre cantando uma música.





"De Raquel Cruz - Comunidade Orkut Cantinho da Oração"

Jogral com Quadros Vivos - dia dos mães


JOGRAL COM QUADROS VIVOS♥



Queridas mamães, com esta festa, as crianças desejam valorizá-las e reconhecer todas as coisas que você fez e tem feito por elas, dizendo( todas as crianças do jogral entram em cena e falam o texto a seguir):

Todos- Obrigado, mamãe! Muito obrigado!



(Entra em cena uma das crianças vestidas de mãe com um "barrigão" de grávida e com um "pai" ao lado)



Criança 1- Obrigado pelos nove meses que me guardou com tanto carinho em sua barriga,



Criança 2 - Às vezes sofrendo, sentindo dor...



( Sai o casal, entra o próximo quadro vivo: crianças com um avental, varrendo, tirando pó, esfregando uma fralda, mexendo numa panela, uma maior vestida de mãe ensinando um exercício da escola para uma criança menor, etc.)



Todos- Ufa! Quanto trabalho!



Criança 3- Obrigado pela casa limpinha,



Criança 2- pela roupa lavada,



Criança 1- por tudo isto,



Criança 2 e 3- e muito mais.



Todos- Obrigado, mamãe. Muito obrigado!



(Entra em cena o último quadro vivo: pai e mãe segurando Bíblias, se ajoelham e ficam em silêncio, como se estivessem orando)



Criança 2- Deus sabe das noites e dias em que vocês oram por mim.

Criança 1- Vivam sempre em comunhão com ele e ...



Criança 3 -... assim, aprenderemos com vocês a agradecer...



Todos- com nossas vidas!



Todos cantam uma ou mais músicas de homenagem às mães.



De Raquel Cruz

Peça de Teatro Habilidades da Mamãe

As habilidades da mamãe

Apresentador:



Mamãe é muito habilidosa e faz maravilhas no lar! Agora um grupo vai nos contar as habilidades da mamãe.



Cada criança recita um trova vestida a carater.



(abelhinha)

Que mãozinha habilidosa!

costura, borda, cozinha...

Mamãe é sempre jeitosa,

Uma perfeita abelhinha.





(fada)

Mamãe parece uma fada,

tem varinha de condão.

Nossa casa é arrumada

Com beleza e perfeição.



[cozinheira)

O bolo que mamãe faz

è gostoso, bem fofinho.

Na sua mão cresce mais

E não sobra um pedacinho.



(criança)

A maior habilidade

Que minha mãe tem no lar,

É espalhar felicidade,

Todo dia ao despertar!



Apresentador:

Outro grupo alegre vem agora ao palco para nos contar como é o amor da mamãe.



(4 crianças com figuras de corações pendurados no pescoço)



Reloginho bate, bate:

Tique-taque sem parar.

É o coração da mamãe,

Cheio de amor a pulsar!



Quando não sei a lição,

Ela me ajuda um pouquinho.

Ensina com devoção,

Quer seu filho sabidinho.



Se estou doente ela sofre,

Vela por mim noite inteira.

Depois num beijo adormeço,

Com mamãe à cabeceira.



Seu olhar é meigo e doce

Quando vai me aconselhar.

E se às vezes está zangada.

Não demora a perdoar.

"De Raquel Cruz, Comunidade Orkut Cantinho da Oração"

MÚSICAS

Mulekada

Música = Mãe



"Essa música é pra quem cuida da gente"

"Pra quem ta sempre do nosso lado"



Mãe, você é a minha vida

Eu preciso de você



Ô mãe

Eu agradeço todo dia

Agradeço de prazer

Essa família tão bonita que se deu tão bem assim

Eu te amo mais ainda

E cuida tão bem de mim



Do teu abraço Gostoso

Ah eu me sinto tão bem

Com tanto amor e carinho Oh oh

Eu me apaixonei



"Manhê eu te amo" "e eu te adoro"



Mãe,

Você é a minha vida

Eu preciso de você



Ô mãe

Eu agradeço todo dia

Agradeço de prazer

Essa família tão bonita que se deu tão bem assim

Eu te amo mais ainda

E cuida tão bem de mim



Do teu abraço Gostoso

Ah eu me sinto tão bem



Com tanto amor e carinho, oh oh

Eu me apaixonei



"Manhê eu te amo"



Do teu abraço Gostoso

Ah eu me sinto tão bem

Com tanto amor e carinho, oh oh

Eu me apaixonei

Ô mãe...







CD: MAMÃE LEGAL – GUGU

MINHA MAEZINHA QUERIDA

MÃEZINHA DO CORAÇÃO

TE ADORAREI TODDA VIDA

COM AMOR E DEVOÇÃO

É TUA ESSA VALSINHA

FOSSE A INSPIRAÇÃO

CANTO QUERIDA MAAEZINHA A TUA CANÇÃO

ALEGRIA, O PRAZER, UMA GRANDE EMOÇÃO

NESTE DIA TE DIZER

COM MUITO AMOR E AFEIÇÃO

OH! MINHA MÃE, MINHA SANTA QUERIDA

ÉS O TESOURO QUE EU TENHO NA VIDA

EU TE OFEREÇO ESSALINDA CANÇÃO

MÃEZINHA DO CORAÇÃO

POEMA PARA MAMÃE


Mãezinha querida

Mãezinha querida,

fique ao meu lado, segurando minhas mãos,

como você sempre faz,

quando eu não souber qual caminho seguir.

Mãezinha querida,

limpa o suor da minha face quando eu,

cansada de tanto trabalhar,

estiver sem forças para continuar.

Mãezinha querida,

canta pra mim aquela canção que você cantava quando eu era bebê,

antes de dormir,

e me acalmava.

Mãezinha querida,

fique ao meu lado quando eu estiver com medo do escuro.

Mãezinha querida,

deixa eu descansar no seu colo confortável

quando meus pés estiverem doendo de tanto eu andar

pelos longos caminhos da estrada.

Mãezinha querida,

abraça-me com seus braços quentes e fortes,

quando na manhã nublada eu tiver preguiça de me levantar.

Mãezinha querida,

me dê uma palavra amiga, um consolo, um conselho,

quando eu precisar de um bálsamo para acreditar e

seguir em frente diante de tanta incerteza.

Mãezinha querida,

eu quero o seu colo no embalo da rede,

para que eu adormeça com toda a certeza

de que o mundo ainda será belo quando eu acordar.

Mãezinha querida,

saiba do fundo do meu coração,

que é o seu amor imenso, que todos os dias,

me faz acreditar que o mundo sempre há de ser melhor.

Por isso hoje eu digo, com os pulmões cheios de ar:

MÃEZINHA QUERIDA EU TE AMO!





de Antonio Marcos Pires

Rio de Janeiro - RJ - por correio eletrônico

http://meustrabalhospedagogicos.blogspot.com/2011/04/poema-para-mamae.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+MeusTrabalhosPedagogicosAtividadesEProjetosParaEducaoInfantil+%28%22+Meus+Trabalhos+Pedag%C3%B3gicos%2C+Atividades+e+Projetos+para+Educa%C3%A7%C3%A3o+Infantil+%22%29







Nenhum comentário:

Postar um comentário