terça-feira, 10 de maio de 2011

BONECA MASCOTE

PROJETO: BONECA MASCOTE

"A principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe." (Jean Piaget)

JUSTIFICATIVA:


O projeto BONECA MASCOTE é uma estratégia desenvolvida em parceria com as famílias para ensinar valores que ajudam na formação e educação de crianças de cinco anos.

Como mais uma criança da sala, a nova amiga ganha nome, uniforme da escola, certidão de nascimento e características da personalidade. A turma fica responsável por cuidar da companheira e as responsabilidades começam. A mascote, como líder do bem, mais um recurso para desenvolver boas maneiras e virtudes como coragem, honestidade, respeito, companheirismo, ou seja, assuntos sérios, mas que ainda são abstratos para a criança.

O projeto irá funcionar em sistema de rodízio. Cada dia uma criança leva para a casa a amiguinha, uma malinha e um diário para escrever todas as atividades e colar fotos. Os pais precisam se envolver com a proposta pedagógica estimulando os filhos na criação da mascote. “Como eles levam para a casa, eles começam a trabalhar a responsabilidade de não sujar, não rasgar, cuidar da amiguinha e não deixar que ela seja maltratada por ninguém, já que terão que devolver aos colegas, por isso o rodízio somente terá início após reunião de pais.

No diário, a escrita é estimulada. Para algumas, a ideia é criar um vínculo afetivo forte entre o grupo, aumentando o laço de união e amizade, já que terão um objetivo comum: cuidar da mascote. Uma mãe incentiva o filho a comer mostrando que a boneca também come, para outras será um estimulo para desenvolver a escrita no diário.

O Projeto Boneca Mascote facilita na construção do aprendizado e trabalha questões de cidadania por meio das mensagens que a mascote passa para a classe.


OBJETIVO:

Despertar nas crianças as diversas formas de desenvolver a imaginação e construir a realidade por meio de diferentes histórias, trabalhar afetividade, respeito, cuidados, incentivar e estimular o registro em forma de diário. Tornando a família parte integrante da atividade.

Desenvolvera oralidade e a escrita de um diário. Trabalhar com as crianças diversos aspectos da fase pré-escolar, como desenvolvimento de hábitos de cortesia, respeito, regras de convívio, ampliação do vocabulário e construção da identidade, entre outros.


DESENVOLVIMENTO



• Apresentar o mascote para a turma durante a roda de conversa;

• Deixar que todos o toquem, para que sintam sua textura;

• Fazer em votação a escolha do nome da mascote;

• Explicar a turma porque a boneco é o mascote;

• Mostrar a relação do nome da turma com a mascote;

• Dizer todas as regras de convivência da mascote com a turma;

• Conversar sobre o dia de visita da mascote a casa de cada um ;

Explicar em reunião aos pais todo nosso projeto;

• Confecção de um caderno diário para registro das visitas da mascote;

• Utilizar a mascote para trazer as novidades para a turma;

• Ler com os alunos todos os relatos feitos das visitas as casas;



AVALIAÇÃO

Observar durante todo o tempo o comportamento dos alunos em relação a mascote. Valorizar as histórias trazidas por cada criança após cada visita da mascote as casas. Observar junto com a turma os relatos feitos por escrito pelos pais no diário.



CONTEÚDOS:

• Conhecer e produzir o gênero diário;

• Trabalhar aspectos da socialização como o trabalho em grupo, respeito e cuidado mútuo.

• Trabalhar com questões da vida sociofamiliar;

• Trabalhar a questão de gênero.



RECURSOS MATERIAIS


• BONECA;

• MALA COM ROUPAS E PERTENCES DA BONECA;

• CADERNO;




REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

NOVA ESCOLA, ANO XIII - Nº 116, OUTUBRO DE 1998.

http://meustrabalhospedagogicos.blogspot…

http://baudeideiasdaivanise.blogspot.com

http://22luciapimentel66.spaces.live.com

http://luciapimentel.spaces.live.com



Duração das atividades:

Cerca de 20 aulas de 50 minutos durante aproximadamente quatro meses.

Dicas:

Acredito que um dos grandes trunfos deste projeto é que a professora embarcar na aventura e imaginação de tornar a mascote um membro da turma, pois a Mascote é uma amiga imaginária real.

CURIOSIDADES:

QUANDO SURGIU A PRIMEIRA BONECA?

Bonecas: elas são muito antigas. Surgiram como figuras que eram adoradas como deusas, há 40 mil anos. Mas só muito tempo depois, no Egito de 5 mil anos atrás, se transformaram em brinquedo. A primeira fábrica de bonecas surgiu na Alemanha em 1413. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959.

COMO SÃO AS BONECAS?

Sempre entre as meninas, as bonecas, até 1930, eram confeccionadas com pano, por costureiras e artesãos. Aos poucos, as bonecas artesanais foram substituídas pelas mais modernas, que cantam, dançam, andam de patins e bicicleta, choram, dormem...

QUAIS OS PREÇOS DAS BONECAS?

Os preços variam enormemente baseados na popularidade de uma determinada boneca, mas a condição total e a vintage freqüentemente irão determinar o preço.

"Em dois anos, o movimento caiu 80%. Muitos brinquedos são fabricados na China por um preço muito baixo, quase o valor do conserto. O conserto de uma boneca varia de R$ 20 a R$ 30 e de um carrinho de controle remoto, R$ 15. Mas o preço médio deste brinquedo é quase o mesmo valor do conserto. Para o cliente é melhor comprar outro".

Registros dos Alunos:

-Existe vários tipos de boneca: pano, plástico, madeira, porcelana;



-Barbie a boneca mais famosa do mundo;



-Toda menina tem, mais de uma;



-Todas tem um nome;



-Existe vários tamanho;



-As primeiras bonecas eram de pano.







Recursos Complementares


• Impressão dos formulários para todos os alunos;

• Foto colorida dos alunos em tamanho 5x7;

• Máquina fotográfica e revelação/impressão das fotos.

• Laboratório de informática para digitação dos textos .

Avaliação

Processo de construção da mascote:

Professor, você poderá construir seu processo de avaliação a partir das seguintes questões:

A criança respeitou as condições de produção? família leram os textos do fichário da mascote, se todas as informações foram preenchidas (as intervenções realizadas na mascote, a data de recebimento e retorno da mascote, sugestão de nome).

Apresentação da intervenção realizada:

Como a criança se expressou oralmente informando aos colegas o que fez na mascote?, Quem a ajudou?. A apresentação oral FOI condizente com o texto escrito no diário?.

Produção do texto em grupo:

Como foi o trabalho em grupo?, a criança colaborou com os colegas, se esforçou para lembra o fato solicitado? Como ela reagiu diante das fotos? As crianças no estágio inicial de alfabetização, mesmo que oralmente expressaram suas idéias com coerência?

2 comentários: