quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Textos dos professores solidários

Sondagem: Reescrita de texto


Essa atividade recebi da minha orientadora da UFSCAR no curso que fiz para professores iniciantes (quando estava iniciando)

O cão e sua sombra



Um dia, um cachorro roubou um pedaço de carne e resolveu comê-lo sozinho em sua casa, que ficava do outro lado do rio.

Com o pedaço de carne na boca, estava atravessando o rio quando viu o reflexo de sua sombra refletida na água.

Nossa! Que belo filé! E suculento, com certeza. Pensou o cão que, na mesma hora, abocanhou o reflexo pensando ser um outro cão de verdade, e que pudesse roubar-lhe o filé.

Porém, ao morder o reflexo, deixou o seu pedaço de carne cair e a correnteza tratou de levá-lo. O cachorro até procurou, mas não encontrou.



Moral: Quanto mais se quer, menos se tem



Sondagem: Reescrita de texto



ORIENTAÇÕES PARA A SONDAGEM: REESCRITA



1 – Escolha um texto de boa qualidade literária e que seja do gênero narrativo (conto, fábula, lenda);

2 – Faça a leitura em voz alta do texto para os alunos (se necessário, leia uma segunda vez para eles, mas somente se necessário);

3 – Faça com eles o reconto: oralmente, peça que contem novamente a história lida;

4 – Em seguida peça para que, individualmente, reescrevam a história sendo o mais fiel possível à história original do autor.

Atenção: não é necessário que saibam a história de cor, mas sim que se utilizem das marcas do gênero narrativo, tempo verbal, vocabulário etc. e, principalmente, que mantenham o enredo da história. Portanto, não deixe que alterem o final ou mudem os personagens etc. É uma atividade de reescrita (escrever de novo o que alguém já escreveu) e não de escrita de autoria, onde teriam que ser criativos e “inventar” coisas.

5 – Com essa avaliação poderemos analisar como as crianças lidam com os recursos lingüísticos: gênero textual, coerência, coesão, segmentação de palavras, ortografia, paragrafação etc.



TRABALHANDO COM ANÚNCIO

Quero comprar um casa e recortei os seguinte anúncios:



VENDO CASA VILA HORTÊNCIA

3 QUARTOS, 2 SALAS, DEPENDÊNCIA DE EMPREGADA.

R$ 140 MIL - TRATAR FONE: 3177-8212





VENDO CASA 2 DORMITÓRIOS

SALA, COZINHA, GARAGEM PARA 4 AUTOMÓVEIS.

R$ 130 MIL - TELEFONE: 575-9807





DINI IMÓVEIS - RUA JOSÉ TOMÉ DE SOUZA

COM SALA, COZINHA, 3 DORMITÓRIOS.

R$ 190 MIL - TELEFONE: 6909-7363



A casa que irei comprar tem 3 quartos e dependência para empregada.



1 - Em que bairro fica a casa?



2 - Qual o preço da casa?



3 - Qual o telefone para contato?

Postado por Susana às 18:13 0 comentários Links para esta postagem

Enviar a mensagem por e-mail Dê a sua opinião! Partilhar no Twitter Partilhar no Facebook Partilhar no Google Buzz


Ordenando o texto

Transcreva o texto abaixo , fazendo o uso correto da letra maiúscula.



querido diário



hoje passeamos pelo bairro com a professora renata.ela sempre tem uma novidade para nos ajudar a aprender mais.

atravessamos a avenida josé ferreira, com a ajuda do guarda luís.visitamos a loja “sonho de criança”, que vende brinquedos super legais, como a “bola cantora”.

depois fomos conhecer a feira de animais “arca de noé” e brincamos com filhotes de cães e gatos, além de vários peixinhos.

para finalizar o passeio, tomamos um delicioso lanche na padaria “perfeito pães”, do senhor joaquim.

foi um dia maravilhoso! voltamos para a escola com muitas coisas para conversar.agora vou dormir, foi um longo dia e estou cansada.

boa noite!!

aninha



Música: O Natal Existe

Quero ver você não chorar

Não olhar pra trás

Nem se arrepender do que faz



Quero ver o amor vencer

Mas se a dor nascer

Você resistir e sorrir



Se você pode ser assim

Tão enorme assim

Eu vou crer



Que o Natal existe

Que ninguém é triste

Que no mundo há sempre amor



Bom Natal um Feliz Natal

Muito amor e paz pra você

Pra você...Pra você

Postado por Susana às 18:26 0 comentários Links para esta postagem

Enviar a mensagem por e-mail Dê a sua opinião! Partilhar no Twitter Partilhar no Facebook Partilhar no Google Buzz

Marcadores: Natal

FELIZ NATAL EM VÁRIAS LINGUAS

Saudação "Feliz Natal" em várias línguas



Albanês - Gezur Krislinjden

Alemão - Frohe Weihnacht

Armênio - Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand

Bretão - Nedeleg laouen

Catalão - Bon Nadal

Coreano - Chuk Sung Tan

Espanhol - Feliz Navidad

Esperanto - Gajan Kristnaskon

Finlandês - Hyvää joulua

Francês - Joyeux Noël

Grego - Kala Christougena

Magyar - Kellemes Karácsonyt

Inglês - Merry Christmas

Italiano - Buon Natale

Japonês - Merii Kurisumasu (modificação de merry chrimas)

Mandarim - Kung His Hsin Nien

Norueguês - GOD JUL

Occitan - Buon Nadal

Polaco - Wesołych Świąt Bożego Narodzenia

Português - Feliz Natal

Romeno - Sarbatori Fericite

Russo - S prazdnikom Rozdestva Hristova

Tcheco - Klidné prožití Vánoc

servo-croata - Cestitamo Bozic

Sueco - God Jul

Ucraniano - Srozhdestvom Kristovym

Postado por Susana às 18:24 0 comentários Links para esta postagem

Enviar a mensagem por e-mail Dê a sua opinião! Partilhar no Twitter Partilhar no Facebook Partilhar no Google Buzz

Marcadores: Natal

Menino Rico Escreve à Papai Noel

(Álvaro Armando)

Papai Noel: - me perdoa,

Não sei me explicar direito

Minha letra não é boa,

De escrever não tenho jeito.

Sou apenas um menino

Igualzinho aos outros mais.

Tenho fama de granfino

Pois granfinos são meus pais.

O que eu conto é verdadeiro,

É tempo que eu desabafe:

Papai é grande banqueiro,

Mamãe joga pif-paf.



A vida deles se arrasta

Na maior monotonia:

Pois toda noite ela gasta

O que ele ganha de dia.



Dessa troca talvez sobre

Muito dinheiro, no meio.

Mas ninguém pensa no pobre

Que ser pobre é triste e feio.



Mamãe (gosto tanto dela!)

Me disse ontem: - Meu filhinho,

Não te esqueças, na janela,

De botar teu sapatinho.



Ora, eu nada mais espero

Este ano de especial

Pois mal uma coisa eu quero

Ganho mesmo sem Natal.



Logo, sem pedido algum,

Porém alegre e risonho

Em vez de botar só um

Meus sapatos todos, ponho.



E indo amanhã pelas ruas

Eu peço, Papai Noel,

Meus brinquedos distribuas

Com Zé, Pedrinho e Manoel.



Esse grupo é meu amigo.

No alto do morro é que mora

E sempre brinca comigo

Quando a Mamãe está fora.



Não te escreveram com medo.

Mas bem que tinham razão:

Como iam pedir brinquedo

Se vivem... De pé no chão.





Texto fatiado ou Texto em tiras


Objetivos:

Memorização de texto estável;

Leitura de texto e palavras.



Indicação: Utilizar após leitura do texto

Desenvolvimento:

Uma boa estratégia para memorizar a estrutura textual é recortar o texto em tiras e pedir para que as crianças em grupo ou individualmente montem o texto que está fora de ordem:



Não esqueça que o texto fonte (o texto original) deve estar preso em lugar visível para servir de fonte de consulta, sempre que as crianças precisarem.








Parlendas

UM, DOIS...

Um, dois

feijão com arroz.

Três, quatro,

feijão no prato

Cinco, seis

feijão inglês.

Sete, oito, feijão

com biscoito.

Nove, dez,

feijão com pastéis.



BAMBALALÃO

Bambalalão

Senhor capitão

Espada na cinta

Cinete na mão.



QUEM COCHICHA

Quem cochicha o rabo espicha

Come pão com lagartixa

Quem escuta o rabo encurta

Quem reclama o rabo enflama

Come pão com taturana



COM PENA

Com pena peguei a pena

Com pena para escrever,.

Com pena caiu-me a pena,

Com pena de não te ver



DOMINGO

Amanhã é domingo, pede cachimbo.

Cachimbo é de ouro, bate no touro.

O touro é valente, cai no buraco.

O buraco é fundo, acabou-se o mundo.



PAPAGAIO E PERIQUITO

Papagaio come milho,

Periquito leva a fama.

Cantam uns e choram outros,

Triste sina de quem ama.



SEMANA

Na segunda não fiz nada,

Na terça nada fiz,

Na quarta nada farei,

Na quinta, pensei tensão,

Na sexta eu passei,

E no sábado é que voltei,

No domingo fiz conta

Do que gostei.



POR DETRÁS DAQUELE MORRO

Por detrás daquele morro

Passa boi, passa boiada,

Também passa moreninha

De cabelo cacheado



LIMOEIRO

Abaixa-te, limoeiro,

Deixa eu tirar um limão

Para limpar uma nódoa

Que trago no coração.



SEU PADRE

Pelo sinal do bico real,

Comi toucinho, não me fez mal

Se mais houvesse, mais comia.

Adeus, seu padre, até outro dia.



BANANINHA

Bananinha pintadinha

Quantas pintas ela tem?

Ela tem noventa e nove

Falta uma para cem!



O SAPATO

O sapato de Pedro é preto



A ARARA

Iara amarra

A arara rara

A rara arara

De Araraquara



O PAPA

Se o papa papasse papa

Se o papa papasse pão,

O papa papava tudo,

Seria o papa papão.



PRATOS DE TRIGO

Um prato de trigo para um tigre.

Dois pratos de trigo para dois tigres.

Três pratos de trigo para três tigres.

Quatro pratos de trigo para quatro tigres.

Cinco pratos de trigo para cinco tigres.

Seis pratos de trigo para seis tigres.

Sete pratos de trigo para sete tigres.

Oito pratos de trigo para oito tigres.

Nove pratos de trigo para nove tigres.

Dez pratos de trigo para dez tigres.



A ARANHA

A aranha arranha o jarro,

o jarro arranha a aranha.



PACA

Quem a paca caro compra,

caro a paca pagará.



UM PANO DE PRATO

Um pano de prato

no prato de prata.

A FIADEIRA

A fiadeira

Fia a farda

do filho do feitor

Felício



CESTEIRO

Cesteiro que faz um cesto

Faz um cento.



O PINTO PIA

O pinto pia, a pipa pinga.

Pinga a pipa, o pio pia, pipa pinga.

Quanto mais o pinto pia, mais a pipa pinga.



SE A LIGA

Se a Liga me ligasse, eu ligava a Liga.

Mas como a liga não me liga,

Eu não ligo a Liga.



O DOCE

O doce perguntou para o doce

qual era o doce mais doce,

o doce respondeu para o doce,

que o doce mais doce

era o doce de batata doce.

Postado por Susana às 12:45 0 comentários Links para esta postagem

Enviar a mensagem por e-mail Dê a sua opinião! Partilhar no Twitter Partilhar no Facebook Partilhar no Google Buzz

Marcadores: Parlendas

Nenhum comentário:

Postar um comentário